8.8.07

Sensibilidade precisa-se!

No embalo de um post da Luna, aproveito o meu comentário lá deixado.


Há 2 dias. Vou na rua e chama-me uma amiga de longa data, que já não via há mais de um ano. Vinha com o seu filhote de um ano e meio e o marido. Às tantas diz-me "E já aqui está outro!", enquanto esfrega a barriga e ri.
Bolas! Como a invejo!
Gaita. Como reagi mal!
"E tem esta gente a lata de dizer isto na maior, quando anda aqui uma gaja a penar há mais de dois anos...", respondi de rajada.
Só depois percebi que não deveria ser este o meu comentário. Acrescentei que desejava felicidades e perguntei se estavam contentes. "Uhm... Foi um descuido...", respondem os dois a torcer o nariz.
Apeteceu-me dar um par de estalos a cada um, mas sorri e, felizmente, tinha trabalho à minha espera.
Quem não sabe é mesmo como quem não vê, mas... e sensibilidade, não?!

1 comentário:

Luna (Dina) disse...

pois é amiga a sesibilidade para com o sofrimento dos outros ...muita gente esquece que podia ser com eles.

beijinhos