25.9.07

Muito Obrigada!


Dou-me conta dos comentários deixados e sinto necessidade de dizer que tenho plena consciência que, a maior parte das vezes, os palpites magoam por falta de informação do lado de lá e sensibilidade extrema do lado de cá.
As outras vezes, acho que é mesmo falta de sensibilidade de quem está do outro lado e não faz (ou quer fazer) o mínimo esforço para entender. É que dá trabalho e não é nada com eles...

Sei que muito mais importante é ter quem me compreenda, mesmo não tendo obrigatoriamente que passar pelo mesmo (se sei!), mas às vezes estupidamente parece que me esqueço e valorizo outras coisas.
Normalmente, respondo com muita calma e tacto. Sábado, a ansiedade e a angústia falaram mais alto.

Ontem andei "fechada para obras" e canalizei toda a minha fúria para trabalhos domésticos (a casa agradeceu as arrumações que fiz e deseja secretamente que eu tenha mais dias assim...) e para o trabalho fora de casa: a um domingo, fui trabalhar!
Como o apetite não era muito, a silhueta também anseia por mais dias assim, pois não abusei e limitei-me a comer q.b. Aproveitei para matar saudades dos Pais e, como nos velhos tempos, ver o "noticiário" com eles.
Já em casa, fiz um bolo, jantei a bela da sopa, vim escrever um mail pendente há tempo demais, fiz "sofá" (desporto interessante!) e bebi um chá preparado pelo cara-metade. Adormeci mais serena!

Percebi que o meu anseio é ter novamente uma felicidade inesperada, tal como foi com a IIU. Mas sinto que desta vez estou à espera e parte de mim acredita, logo não vai acontecer. Superstição? Feeling? Medo? Não sei! Mas sinto! Duas seguidas era bom demais para ser verdade!!

Mesmo assim, hoje tive uma "conversinha pé de orelha" com as amigas "ansiedade" e "angústia", mandei-as dar uma curva... e elas foram. Quando voltam? Provavelmente dentro de poucos dias...
Aliás, sei que estão apenas adormecidas, à espera de um deslize para "voltar a atacar". Mas vou aproveitar a onda de muito trabalho e distracção obrigatória que tive hoje (e me aguarda nos próximos dias) e mergulhar nela. Até 6ª feira, vou assumir e iniciar funções novas, a nível profissional.

Acreditem que senti cada palavra vossa. Chegou cá.
Uma vez mais, Muito Obrigada!

8 comentários:

Anónimo disse...

Olá TC,
Pois que dizer... leitor anónimo, impressionou-me o teu último post; senti aqui um certo pathos, empatia, simpatia, compreensão... por causa destas filhadaputices que a vida nos prega... a mim também; temos que as acomodar, mesmo qd. são monstruosas, ingratas, dolorosas. Mesmo qd. a arrogância do acaso se mostra, plena, nestes encontros de rua, quando aquilo que para nós é do âmbito do sonho e do "desejo", é para os outros, sim para os OUTROS, às vezes só uma queca na altura errada e pimba!

Muita sorte e muita força para ambos, e especialmente para ti, que és, permite-me, uma rapariga especial, que escreve assim como quem pensa e sente.
S

Luna (Dina) disse...

amiga manda lá essa ansiedade com bilhete só de ida para o outro lado do mundo...assim se ela vier a pé vai demorar a chegar :)
Olha amiga ja senti muitas vezes esse medo de acreditar, esse achar que se acreditar não acontece. Pura superstição linda. Agora acredito e sonho alto, mesmo que depois me tenha que desfazer em lagrimas, porque com a minha coleção de negativos já conheço o processo de cor. Acredita amiga sem medo. Vai de peito aberto e luta. Vais conseguir, não importa quando mas vais conseguir.

beijocas

Micas disse...

Bom diaaaaaaaa

Ainda bem que já falste com aquelas duas: ansiedade e angústia!! Assim pode ser que elas não queiram aparecer tão depressa!! :-)

Eu não comentei no post anterior mas revi uma parte do que já me aconteceu: só por isso, prefiro nem contar nem explicar a quem quer que seja, quando me fazem a tão "desejada" pergunta. Por mais que se explique.....ninguém entende!!

Agora...toca a ocupar os teus dias e depois....pensamento POSITIVO!

tou a torcer por ti!

Beijinhos,
Inês

Tixa disse...

Minha querida cada palavra minha foi sentida...
Manda a ansiedade e a angustia às urtigas e acredita!!!!! Acredita!!!
Um bj enorme

Mary disse...

Ainda que as nossas palavras foram sentidas por ti, foi para isso que nós as dissemos e voltamos a dizer todas as vezes que forem necessárias.
É para isso que cá estamos, para levantar as morais umas das outras.

Beijocas, olhar em frente, pensamento positivo e olha para as coisas boas da vida, a própria vida.

Isa

Aninhas disse...

Depois de um dia realmente mau, só pode melhorar...

Beijoka

kitty disse...

Fico feliz por saber que te sentes melhor!
:)
Beijinho

Cresce barriguita...cresce!!! disse...

Ai linda, como é dificil....
Sei bem o que sentes, acredita que desejo que te aconteça como a mim...de repente...tive esta alegria!!!!
DESEJO MESMO AMIGA!!!
muita força querida
e muitos beijinhos