31.3.08

Apontamentos

Love

- Depois de amanhã consulta.
- Estará tudo bem?
- A actividade que tenho sentido corresponde a saúde por parte da pequenota?
- Será que se prepara para virar?
- A barriga ir ficando dura de repente serão as ditas contracções de preparação?
- O que são as picadas "tipo agulha" que tenho sentido na vagina e na bexiga?
- E as perdas de urina? Como andar descansada com o penso dia-a-dia a ficar, volta e meia, molhado? Serão sinónimo de futura incontinência?
- Aquele leucócito na análise sumária da urina: temos infecção à vista?
- Como será esta 1ª consulta com a nova médica (Dr.ª Elvira, sim!)?
- Será que vou gostar dela e sentir-me segura?
- Como irá reagir à quantidade de perguntas que me povoam a cabeça em relação ao parto?
- Qual a abordagem dela no que toca ao parto?
- Que respostas terei e como me irão soar?
Angústias que apertam sempre com o aproximar das consultas, insufladas por não conhecer esta médica, que será quem nos acompanhará daqui para a frente, nesta etapa que sei ser forte e continuo a desejar saudável e bela: o percurso até ao parto e o parto.
Incrível como tenho saudades da Dr.ª Teresa, da forma como me tranquilizava e até brincava durante as ecos...

- Conduzir começou a ser tarefa chata e incomodativa.
- Andar de carro, mesmo ao lado, dispensa-se verdadeiramente.
- O peso na bexiga aumenta de dia para dia.
- A posição para dormir começa a ficar difícil de encontrar ou manter.
- Subir 10 escadas põe-me de "língua de fora".
- A tensão estava a 10,4 - 6,0. Antes assim que alta, mas há alturas em que "não aguento com uma gata pelo rabo".
Queixinhas menores de uma grávida de primeira viagem, muito orgulhosa de o ser, que vai constatando as mudanças no corpo, nos pensamentos e no comportamento.

- Quarto já pintado.
- Grandes (des)arrumações para tentar ter "o ninho preparado" quando a amorzinha nascer.
- Primeiras máquinas de roupa de bebé e a 1ª já passada a ferro.
- A próxima será das coisas que tanto nos deu prazer ser nós a comprar.
- Ainda a aguardar a decisão da cómoda: IKEA ou mandar fazer? Quero começar a arrumar o que fica lavadinho e passado.
- Lençóis, toalhas de banho e roupa na quantidade certa.
- Avó a bordar babetes em ponto-de-cruz (é mestre no assunto!).
- Eu a iniciar a 2ª fralda, bordada também em ponto-de-cruz.
- Intercomunicador já adquirido.
- Alcofa emprestada por amiga.
- Ovo em 2ª mão oferecido pelos compadres.
- Serenidade, Compreensão, Tranquilidade e Amor com o cara-metade.
Notas que apetece colocar, para não ser só receios, medos e "cagufos", que esta viagem tem MUITO DE BOM!

6 comentários:

Pimpo & Pimpa disse...

Nem sei muito bem por onde começar.
Em 1º lugar obrigada pelo teu email. ;) A escolha, obviamente é tua, e só mostras aquilo que bem entendes, eu por exemplo, tento ao máximo preservar o nome dos meus filhos (apesar de depois de já ter comentado me ter apercebido que os mencionei...).
Os sintomas que tu descreves, tive-os todos, no entanto face ao teu passado deves menciona-los à tua nova médica sem medos e receios, ou seja, faz todas as perguntas que te "perseguem", os médicos existem para isso mesmo para nos esclarecem e ajudarem.
Devo-me ter esquecido de algo mas isto já está muito extenso. Sorry.
Bjs Cláudia

Anónimo disse...

Pela minha experiencia com a Drª. elvira, posso dizer que ela é:1º muito faladora, atenciosa e simpatica.Na minha primeira gravidez e apesar de eu morar longe, foi sempre apologista de que uma gravidez deve seguir o seu ritmo normal, sem provoações ou outras coisas do genero, e que a epidural era uma grnade ajuda. Eu ainda lhe disse que ia tentar não a levar, mas ela disse logo " hoje em dia não há que ter medo, para quê sofrer evitadamente?!" 2º Era ( não sei de mudou de ideias!), completamente contra cesarianas programadas. " há que tentar sempre um parto normal primeiro, a cesariana é um risco para a mãe e o bebé", dissia. e aqui é que foi o meu maior problema!na minha segunda gravidez e apos as 38 semanas e meia com o rapaz sentadinho, a drª continuava a teimar que ele nascia bem de parto normal! Para mim foram os piores dias, porque um parto normal pélvico deixou-me super ansiosa e quando coloquei a questão da cesariana, ela disse que nem pensava nisso. felizmente ás 39 e meia e apos nova eco na maternidade para ver realmente em que posição o bebé estava lá se decidiu por uma cesariana! Foi ela que fez questão de a fazer e durante a minha estadia na maternidade ainda foi 2 ou 3 vezes ver como estavamos. Desculpe o testamento e fico á espera de saber o resultado da consulta e impressões acerca da drª. Tudo a correr-lhe bem. Isa mãe da R. e do M.

Anónimo disse...

já me esquecia, e nome já há? Isa mãe da R. e do M.

amora disse...

Ena, isto é o que se chama verborreia de grávida ;-)
Já percebi que os pensamentos e dúvidas te chegam em catadupas e fazes muito bem em transformá-los em palavras escritas. Parece que não mas escrevê-los ameniza o seu peso.

Mas apesar de todas as inseguranças e ansiedades de uma mãe de 1ª viagem, que são normais, sinto-te muito feliz, e é isso que basta.

Então e o nome da princesa, já há decisões?

mtos beijinhos

Wireless disse...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my blog, it is about the Wireless, I hope you enjoy. The address is http://wireless-brasil.blogspot.com. A hug.

Bem Me Queres disse...

Tudo preparado para receber a rapariga :-))
Qt aos receios, mais do que legítimos. Quem passa por tanto pra conqueistar uma gravidez, não deixa de ter medo. Mas vai correr tudo bem.
Beijinhos doces